18/09/2020 às 08h19min - Atualizada em 18/09/2020 às 08h27min

Remessas internacionais dão “sobrevida” a casas de câmbio durante a pandemia

Com a alta do dólar, casas de câmbio e empresas especializadas enxergam nas remessas internacionais um mercado extremamente positivo

DINO
http://www.exchangenow.net

Com o início da pandemia, diferentes setores acabaram sendo afetados com a retração do mercado, tendo como consequência uma expressiva queda nas operações cambiais, principalmente no setor de Turismo.

Somente no mercado de câmbio, houve uma redução de 95% na comercialização do dólar turismo, de acordo com informações divulgadas pela Associação Brasileira de Câmbio (Abracam).

Diante deste cenário, muitas casas de câmbio que atuavam preferencialmente com o câmbio turismo precisaram se reinventar para continuar funcionando em meio ao mercado repleto de instabilidades.

Com a alta do dólar, o momento pediu respostas rápidas e inovadoras dos empresários e algumas empresas acabaram enxergando nas remessas internacionais uma alternativa lucrativa e bastante viável de se manterem no mercado, após investimentos em tecnologia para melhorar os serviços e facilitar os processos nas operações, reestruturando e capacitando as equipes para o atendimento de remessas internacionais.

Em contrapartida, para as empresas que mantinham em seu portfólio a oferta de remessas internacionais, houve a possibilidade de manter a atividade, incrementando os serviços, seja para pessoas físicas ou empresas e nas operações de importação e exportação, obtendo assim, um resultado bastante positivo.

Somente entre os meses de abril a junho, onde as moedas dispararam de maneira desenfreada, algumas casas de câmbio registraram um aumento nas operações em até 70%, como foi o caso da Exchange Câmbio e Comex, empresa criada em 2015, especializada em remessas internacionais e em fechamentos de câmbio de importação e exportação.

"A ideia de montar a Exchange surgiu da oportunidade de oferecer um serviço para facilitar a vida das pessoas e empresas a terem acesso à melhor cotação de câmbio. Poucas pessoas sabem, mas a diferença de preços praticados entre bancos e corretoras podem chegar em até 30% a depender do serviço de câmbio. Por isso, acredito que as empresas e plataformas de remessas internacionais acabaram ganhando evidência e geraram um maior volume de operações durante esse período", comenta o CEO da empresa, Marcos Almeida, que isentou a taxa de remessa para clientes que realizam a sua primeira operação através dos canais digitais da Exchange.

No momento de realizar uma remessa internacional, é fundamental que o usuário busque por empresas ou corretoras de valores especializadas neste tipo de transação, já que o processo envolve diferentes métodos de análise e cuidados na transferência dos seus dados.

"Esse é um mercado com bastante crescimento e é fundamental que o consumidor escolha empresas confiáveis e seguras para fazer esse tipo de movimentação, porque além dos impostos, existem uma série de critérios burocráticos que devem ter todo o cuidado e acompanhamento para que os valores sejam transferidos corretamente", alertou Almeida.

Paralelo a isso, o mercado de câmbio está em processo de modernização e as empresas operadoras de câmbio aguardam as novas diretrizes do Banco Central (BC), com base no projeto de lei encaminhado ao Congresso Nacional que visa a instituição de um novo marco legal para o mercado de câmbio e de capitais estrangeiros no Brasil e no exterior.

Segundo o BC, essa nova legislação, se aprovada, permitirá a melhoria do ambiente de negócios no País, trazendo simplificação e agilidade a todas as pessoas que lidam com operações internacionais.

Com a revisão dos instrumentos legais, espera-se a autorização para que mais pessoas jurídicas e incluindo pessoas físicas, possam ter contas em moeda estrangeira no Brasil.

Com essa aprovação, atende-se a uma das grandes demandas das empresas de serviços de câmbio para ampliarem os seus serviços, principalmente relacionados a remessas internacionais e a oferecerem, cada vez mais, opções eficazes aos seus clientes.

Sobre as remessas internacionais

As remessas internacionais podem ser qualquer tipo de pagamento enviado ao exterior ou recebimento de valores, através de uma empresa especializada e credenciada pelo Banco Central.

Neste caso, podem ser representados como transferência de valores a familiares ou amigos, pagamento de cursos, recebimentos/pagamentos de fretes, comissões e serviços, pagamentos das operações de importação e exportação, investimentos em corretoras internacionais, empréstimos ou pagamentos de serviços/invoices em geral.

Através de uma remessa, o valor que será transferido chegará automaticamente na conta corrente do destinatário sem grandes esforços, já que a responsabilidade por fazer todo esse processo é o da empresa contratada.

Para mais informações sobre remessas internacionais, basta acessar o site da Exchange Câmbio e Comex e aproveitar a condição de taxa zero até o fim do mês de outubro:

Website: https://exchangenow.net/



Website: http://www.exchangenow.net
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Esta mantendo a quarentena ?

53.7%
28.1%
18.2%